quinta-feira, junho 10, 2010

eles escrevem...

Roteirista Nacional
André Diniz (7 Vidas, A Revolta de Canudos, Ato 5)
Daniel Esteves (Café Espacial, Garagem Hermética, Nanquim Descartável, Quadrinhópole)
Fábio Moon (Pixu)
Guazzelli (Graffiti 76% Quadrinhos, Pagador de Promessas, Ragu)
Marcelo Quintanilha (Sábado dos Meus Amores)
Sandro Lobo (Copacabana)
Spacca (Jubiabá)


Roteirista Estrangeiro
Alejandro Jodorowsky (A Casta dos Metabarões)
Alex Robinson (Fracasso de Público)
Chirs Ware (Jimmy Corrigan)
Dennis O'Nell (Questão - Zen e a Arte da Violência)
Hayao Miyazaki (Nausicaä)
Hiromu Arakawa (FullMetal Alchemist)
Rich Koslowski (Três Dedos: Um Escâdalo Animado)


Roteirista Revelação
Alex Mir (Orixás, Subversos, Tempestade Cerebral)
Ana Recalde (Patre Primordium - Quadrinhópole)
Edson Rossatto (História do Brasil em Quadrinhos: Proclamação da República)
Iramir Araújo (Balaiada - A Guerra do Maranhão)
Marcela Godoy (Fractal)
Sergio Chaves (Café Espacial)
A. Moraes (Peiote)

28 comentários:

Mario Cau disse...

Caramba, que felicidade!!! Nem sei o que dizer direito!!! Obrigado!!!

Agora quero aproveitar o espaço e perguntar: E o Eduardo Ferigato (Fractal)???

Merecia a indicação, não acham?

Anônimo disse...

E Publicação de Charges"??? E Publicação de Cartuns"???

Anônimo disse...

Ah, E "Caricaturista" "Chargista" "Cartunista"?

Ricardo Lemos disse...

É verdade. Tem bem menos categorias que nos anos passados. Será assim mesmo ou elas só não foram divulgadas aqui?

akira sanoki disse...

Mais um ano que só são indicados desenhistas que fazem trabalhos no Brasil. A pequena inclusão é o Gabriel Bá, mas que depois do prêmio Eisner não pode faltar, e o Santolouco, porém lembrado apenas pelas publicações indepedentes nacionais.

Sempre sinto falta de artistas que desenham para o mercado americano como Adriana Melo, Amilcar Pinna, Roger Cruz e o Greg Tochinni, que está com um trabalho maravilhoso no "the last days of american crime". Será que ano que vem o Roger poderá figurar essa lista só porque publicou um trabalho nacional, o Xampu?

O Ivan Reis comentou esse fato também quando recebeu uma homenagem no 20º HQmix. São premiados desenhistas estrangeiros, mas os diversos brasileiros que desenham para fora são esquecidos.

evilking.net disse...

Concordo. Greg Tochinni e Ivan Reis fazem falta na lista.

Sidney Gusman disse...

Bela briga pelo troféru de desenhista nacional.

Mas no de desenhista estrangeiro não ter o Ivan Reis, pelo menor, me soa como uma grande injustiça.

Abraço

esteves-hqemfoco disse...

Acho que deveria ter um prêmio específico para os desenhistas nacionais que publicam fora do Brasil.
Não só são MUITOS, como de grande qualidade. Seria mais legal premia-los do que aos desenhistas estrangeiros.
Mas acho que nem precisa tirar nenhuma categoria, só adicionar essa, que é relevante.

Alexandre Manoel disse...

Penso que, desde que tenham maerial publicado no Brasil - o que é o caso - os desenhistas da Marvel/DC etc. poderiam muito bem concorrerer na categoria desenhista nacional. Um equívoco a ser corrigido.

Mesmo assim, o páreo está bom!!

Sidney Gusman disse...

Discordo, Daniel. Não é porque os caras publicam fora do País que mudam de nacionalidade.

Os caras são esquecidos porque desenham pro mercado gringo? Não vejo cabimento nisso.

Abraço

Delfin disse...

Concordo com o Sidão, Esteves. Desenhista brasileiro é desenhista brasileiro. É preconceito mesmo, e há ANOS. O Ivan Reis debulha faz tempo e nunca é lembrado.

Delfin disse...

E devia ter um prêmio pra colorista. E pra letrista (mesmo que a Lilian Mitsunaga tenha que ganhar todo ano enquanto o mercado de letras não se profissionalize). Acho tão importante quanto prêmios pra independentes.

Por que esquecem letristas e coloristas no Brasil? Não venham me dizer que é porque sai tudo em PB nem que é pq muitos se autoletreiram porque o prêmio sempre está nos trabalhos que existem, não nos que inexistem.

Raphael disse...

Como disse no post seguinte... desenhistas de humor são simplesmente ingnorados.

Portanto, em protesto, vamos fazer uma campanha para que todo mundo vote no Dedo Zuka!

Obrigado, sem mais!

Alex Mir disse...

Pessoal, o HQMix premia artistas que publicaram material nacional. Quem quiser votar em material estrangeiro procura saber como faz pra votar no Eisner Awards.

Alex Mir disse...

Excetuando, claro, as categorias estrangeiras.

Delfin disse...

Alex Mir, qualquer material desenhado por um brasileiro é material nacional. Disposições em contrário seriam de um paternalismo sem sentido, de um policarpismo que me deixa com vergonha. Seria uma desculpa pra justificar o preconceito.

Alex Mir disse...

Sim, Delfin. Não vejo problema nenhum em ter como indicados desenhistas que fazem trabalho para o exterior. Ao contrário. Só acho que o HQMix é direcionado aos que publicam material no Brasil (materialnacional). Na minha opinião, tais desenhistas deveriam ser indicados na categoria desenhistas estrangeiros ou em uma outra categoria à parte. Não é preconceito. Eu, mais que ninguém, quero ver cada vez mais artistas nacionais ganhando o mundo. Só não vejo que se encaixem na categoria de melhor desenhista não tendo publicado nenhum material nacional inédito no Brasil. Mas essa é só minha opinião. Não quer dizer que esteja certa ou errada.

Alex Mir disse...

Aliás, muitos dos indicados têm material publicado no exterior: André Toral, Gabriel Bá, Marcello Quintanilha, Mateus Santolouco, Caio Majado e Danilo Beiruth. E só para complementar, sinto muito mais falta do Eduardo Ferigato, que também tem trabalho no exterior.

Renato disse...

Também fiquei curioso sobre as demais categorias. Alguém aí sabe se ainda vão existir?

Caio Majado disse...

Oi Povo... primeiro lugar, estou honradissimo com a indicação, junto de grandes amigos de traços e cervejas ao lado... só fera! (Pena que vou perder :P)

Só pra apimentar... acredito que o HQ Mix faça premiação de HQ nacional e profissionais que publicam aqui (assim como o futebol premia jogadores aqui do Brasil, por exemplo, melhor goleiro foi o Vitor do Gremio e não o Julio Cesar do Inter de Milão), pelo menos é o que acredito... não faz sentido?

Abraços e parabéns a todos!!!

esteves-hqemfoco disse...

Oi Sidney e Delfin,
Também acho que os desenhistas que trabalham pra fora deveriam ser contemplados. E por isso mesmo achava legal ter um prêmio direcionado para esses artistas. Tem gente pra caramba exportando seus trabalhos, não acho que um prêmio específico pra eles os desmereceria. Estariam no mesmo patamar que o prêmio de melhor desenhista nacional.
E diferenciaria os dois trabalhos, que sabemos ser bem mesmo (trabalhar pro mercardo americano e publicar quadrinhos no Brasil).

Anônimo disse...

Eu sugiro se criar uma categoria específica para premiar brasileiros que desenham para o mercado estrangeiro. Lembrem-se que também tem o mercado europeu, com vários brasileiros publicando. Agora concordo que não se pode desviar o foco do nacional.Afinal, o grande culpado do mercado brasileiro ser tão instável e indefinido, e de ainda não se dar o devido respeito aos artistas nacional, foi o fato de termos sido colonizados na grande maioria, desde o início por quadrinhos reproduzidos da Marvel e DC.

Ivan Lira disse...

Gostaria de indicar o trabalho da equipe ao qual faço parte. Nós estreamos nosso trabalho com a revista Aurora Comics nº 0, no 6º FIQ, em 2009.

Além disso já publicamos 5 histórias em nosso site: www.auroracomics.com

Desta forma, gostaria de indicar ao troféu HQMix, através deste tópico, os seguintes desenhistas:

Oliver Borges (Sob a Luz da Aurora)
Dan Borges (Crepúsculo de Um Tempo Esquecido)

Todas estas histórias foram publicadas no site www.auroracomics.com , com exceção da 1ª parte da história "Crepúsculo de Um Tempo Esquecido" que foi publicada na revista Aurora Comics nº 0.

Obs: Caso a Comissão Organizadora não tenha disponível a revista nº 0, então por favor, enviem um email para aurorastudios@aurorastudios.com.br e assim enviaremos um exemplar o quanto antes.

Agradeço a atenção.

Magnus Vicent disse...

A lista de indicados já está completa?? estou sentindo falta de muita coisa!

Lembro a organização que tem muita coisa boa aqui no nordeste (e norte) também!!!!

Paulo disse...

NÃO VI NA LISTA O ÁLBUM "OS MARGINAIS" DE ELMANO SILVA (MANO)! UM DOS GRANDES MESTRES DOS QUADRINHOS NACIONAIS, AUTOR DE O HOMEM DO PATUÁ E SINHA PRETA. PELO VISTO O GRANDE MANO CONTINUA ESQUECIDO POR MUITOS. UMA PENA, UM ERRO GRAVE!

Marcio disse...

Realmente tem muita coisa boa aqui no nordeste. Moro em Aracaju/sergipe. Tem grandes desenhistas por aqui a exemplo de Eduardo Cardenas, mas que não tem tanto destaque nacionalmente.
Ano passo teve um evento de quadrinhos aqui, o HQ Festival, que foi o máximo!! Estavam por aqui Renato Guedes, o diretor da Devir e uma vencedora do HQ Mix que não lembro o nome. Fora os Cosplays (hahaha).Foi 10!!! Não é um evento granndddeee, mas é MUITO importante pra gente aqui.

Paulo Rodrigues disse...

Concordo plenamente com Sidney Gusman. Não é pq foi publicado no exterior que deixa de ser uma obra produzida por um brasileiro.

Assim como Elmano muitos outros autores deveriam estar por aqui.

Moro em Maceio e já fui a muitos eventos no nordeste (SANA, SuperHerocon, HQ Festival, entre outros). Acho que todos poderiam concorrer ao HQ Mix, sem dúvidas. Mas desses, pelo que eu vi, o que mais tenta falar sobre os quadrinhos brasileiros é o HQ Festival.

Fico me perguntado pq determinados tipos de atividades sempre ficam com o sul ou sudeste do país no HQ MIX. Creio que pq a grande maioria dos votantes sejam dessas regiões e não conhecam de perto as daqui.

Anderson Santos - DB ARTES disse...

Opa!!! Num é que eu achei comentários sobre o HQ Festival?!

Valeu por lembrarem do Festival de HQs de Sergipe!

Aproveito pra avisar que esta semana estaremos relançando o Portfólio HQ Festival e em breve a revista HQ Festival. Passem no site e confiram!

Boa sorte pra todo mundo!!!