terça-feira, junho 01, 2010

Novas pré-indicações

Antes dos pré-indicados de hoje queremos avisar que estamos lendo todos os comentários e, em alguns casos, até respondendo diretamente a quem os fez. No entanto, é preciso dizer que, comentários anônimos não poderão nem ser respondidos nem levados em consideração já que não será possível um contato para uma troca de ideias entre quem comentou e a Comissão Organizadora.
Agora, vamos a eles:

Publicação de Tiras
A Cabeça é a Ilha - André Dahmer (Desiderata)
Calvin e Haroldo - A Hora da Vingança - Bill Watterson (Conrad)
Macanudo #2 - Liniers (Zarabatana)
Mutts - Os Vira-Latas - Patrick McDonnell (Devir)
Níquel Náusea - Um Tigre, Dois Trigres, Três Tigres - Fernando Gonzales (Devir)
Peanuts Completo: 1950 a 1952 - Charles M. Schulz (L&PM)
Vida Boa - Fábio Zimbres (Zarabatana)


Publicação de Aventura/Terror e Ficção
A Torre Negra - O Longo Caminho para Casa #3 de Stephen King - Peter David, Jae Lee e Richard Isanove (Panini)
J. Kendall - Aventuras de uma Criminóloga #58 - Giancarlo Berardi, Giuseppe de Nardo e Lorenzo Calza (roteiro) e Mario Jannì (desenhos) (Mythos)
Mágico Vento #89 - Gianfranco Manfredi e Ivo Milazzo (Mythos)
Melodia Infernal #1 - Lu Ming (Conrad)
Oninbo e os Vermes do Inferno #2 - Hideshi Hino (Zarabatana)
Tex - Edição Histórica #76 - G.L. Bonelli, Galeppini e Virgílio Muzzi (Mythos)
Vertigo #1 vários (Panini)


Publicação Erótica
As Aventuras Secretas - Denis Rodrigues (Dinâmica)
Clic 4 - Milo Manara (Conrad)
Encontro Fatal - Milo Manara (Conrad)
Futari H - Katsu Aki (JBC)
Love Junkies - Kyo Hatsuki (JBC)
Verão Índio - Hugo Pratt e Milo Manara (Conrad)

21 comentários:

Leandro Robles disse...

Bom dia, fico muito feliz com a indicação da Escola de Animais para Web Quadrinhos.

Só peço que substituam o link que está errado. O link certo é http://www.escoladeanimais.com

Obrigado,

Delfin disse...

Oi, comissão. Pessoalmente ao Gual e ao Sammy, peço desculpas pelas críticas que repetirão o que eu disse ano passado via twitter, de algum modo.

Primeiro falando do processo, pelo modelo atual.

Vendo as categorias indicadas agora, acho novamente desmedido o peso das independentes. Na categoria Publicação Mix, acho um verdadeiro absurdo revistas como Picabu e Tarja Preta concorrerem como melhor publicação mix e deixarem de fora, por exemplo, Vertigo (Panini, qualquer das edições publicadas no período). Desculpas aos envolvidos, mas Vertigo tem um mix muito superior. E Beleléu, Graffiti e Ragu tinham mesmo que estar presentes. Mas é uma seleção meio Policarpo Quaresma. Quando a imensa maioria dos quadrinhos de massa em bancas é ainda estrangeira, é um baita contrasenso.

Também questiono o que é uma publicação mix: é mix de autores ou mix temático? Acho que isso se perdeu, ficou amplo demais e prejudica o julgamento. Se for mix temático, MSP 50 nunca poderia estar aí, nem Beleléu.

Nos web quadrinhos, gosto é gosto. Mas a seleção ignora o gosto do público. Três dos quadrinhos web mais lidos do Brasil foram solenemente ignorados: os do Dahmer, Wagner & Beethoven e o mais lido de todos, Dr. Pepper. Ainda sinto falta de João Montanaro e Chiquinha!, que são novos e excelentes nomes do humor nacional (MAD e Folha de S. Paulo podem comprovar isso) que poderiam figurar nesta lista, a meu ver, com mais méritos que (insisto, nesta categoria) Samuel Casal, Orlandelli e o Mundo Canibal.

Agora, o motivo de eu ter tocado nos assuntos, que no fundo é o que acho, desde sempre, o maior problema com o modelo atual.

Digo isso porque é em algumas categorias que o HQ Mix parece ter essa tendência (ou pender) para algo mais amplo, que levasse em conta o leitor, pois afinal é o leitor que vota. Se a comissão efetivamente escolhesse e desse um prêmio aos seus escolhidos nessa categoria, seria muito mais interessante.

Ou, ainda mais justo, seria se fizesse como nos Eagle Awards ingleses, que vocês bem conhecem, em que TODOS os quadrinhos publicados são indicados na cédula, sem shortlists, e assim o público veria e se lembraria de tudo o que foi publicado no ano. Acho essas listas curtas um erro, já que a votação é eletrônica (e aí a cédula pode conter quantos nomes se quiser colocar, porque é só rolar a tela e elimina o quase inútil outros, que, convenhamos, está lá apenas pra não deixar ninguém descontente) e muito bem auditada. Sei que isso nao apenas é eletronicamente possível como sei que é de implantação imediata se houver essa vontade (pois não importa quantos figuram numa cédula, o processo de somatória é sempre o mesmo — fui programador de sistemas e sei que esse tipo de operação é bem básico).

O modelo do Eagle Awards é exemplar, não trai o sistema de votação atual do HQMix e elimina essas discussões bobas sobre quem merece ou não estar numa shortlist de indicados: coloca todo mundo e que vença o melhor. É como numa eleição de verdade. Imagine de o TSE tirasse o nome do Eymael ou do Levy Fidelix porque, afinal, eles nunca vão ganhar. Contrasenso. Deixa o povo decidir de verdade, sem deixar de citar nenhum título. Seria assim numa verdadeira democracia.

Quero insistir que isso é quase um apelo e muito racional. Todo mundo sabe que tenho muito apreço pela comissão e tenho amigos dentro dela. Não tomem isso pelo lado pessoal, pois não é.

Abração e espero que, enquanto isso é apenas um debate e mudanças podem ser feitas, que seja efetivamente feitas enquanto é possível.

Cadu Simões disse...

Entrei no site do Mundo Canibal e não encontrei nenhuma webcomics, apenas animações.

Também não encontrei nenhuma webcomics no site do Samuel Casal, apenas ilustrações.

Onde estão as webcomics nesses sites?

Acho que seria melhor se linkassem diretamente pras webcomics, e não pra home do site/blog, pois numa categoria de webcomics, fica difício de avaliá-las, se os votantes não conseguirem achá-las facilmente.

Isso sem falar que existem sites que possuem mais de uma webcomics sendo publicada neles. Como saber qual delas foi indicada?

Anônimo disse...

Senti falta de uma indicação para Os Passarinhos do Estevão Ribeiro. As tirinhas dele foram muito bem no ano de 2009 e mereciam estar junto dessas feras nos pré-indicados.

Anônimo disse...

que 'sacanagem' demorarem tanto pra divulgar a sessão dos independentes, vamos ter um ataque do coração hauhauhauhuahu

Samuel Casal disse...

Oi, amigos, por favor desconsiderem o meu nome nesta indicação nesta categoria pois não sou autor de web quadrinhos. um abraço. Samuel Casal www.samuelcasal.com

Alexandre Manoel disse...

Concordo com o Delfin. Se Cabaret esta na categoria Mix, qualquer edição escrita por um e desenhada por outro também poderia concorrer, tipo... quase todas as edições da Marvel (e quase todas edições lançadas ano passado).

Cabaret é apenas uma história contada e desenhada por 3 pessoas. Por publicação Mix eu entendo uma edição com diversos autores cada qual com sua HQ particular.

Aproveitando a ocasião: Sugiro criarem a categoria Melhor Roteirista/Desenhista. "Só" escrever já dá um puta trabalho; "só" desenhar também. Fazer as duas coisas numa mesma edição, como fazem Marcatti, Spacca, Allan Siber, Baraldi e tantos outros é um trampo a mais. É um processo criativo muito diferente e o tempo que esses autores têm para se dedicarem é bem diferente daqueles que fazem apenas uma parte do processo. Por isso não acho justo colocar esse pessoal numa mesma disputa com roteiristas ou desenhistas. Uma categoria Roteirista/Desenhista seria o reconhecimento de todo esse trabalho.

Ana Cristina Rodrigues disse...

Olha, nem vou dizer sobre a falta do Estevão na lista dos web quadrinhos, por ser suspeita. Mas e o trabalho da Clara Gomes? E o Vitor Cafaggi?

Não entendi a formação da lista, que não incluiu nenhum dos três, mas colocou o belissimo trabalho do Samuel Casal, que não é uma página de quadrinhos.

Rober Pinheiro disse...

Olá,

Gostaria de indicar dois trabalhos bacanas que venho acompanhando este ano: "Os Passarinhos", do Estevão Ribeiro e "Um Sábado Qualquer", do Carlos Ruas. Sem dúvida, ambos merecedores desta indicação.

Abraços

Raul Medina disse...

Acho que para a categoria Site de Autor, poderia ser Emílio Baraçal, com o seu Zap! HQ, onde publica ótimas aulas de roteiro. Ele faz um esforço enorme para ajudar na "formação" de novos roteiristas através das aulas. Quem quiser conhecer, veja aqui: http://zaphq.wordpress.com/

Raul Medina disse...

Ah, e também o Zap! HQ poderia figurar em Grande Contribuição pelo mesmo motivo.

Raphael disse...

Concordo com a colocação do Delfin e tenho uma ótima ideia pra resolver a "Publicação Mix".

Melhor Antologia de HQs

Outra coisa, essa Webcomix sem Dr. Pepper e Brabo Comics é uma vergonha.

Adriana Rodrigues disse...

# De todos as minhas webcomics favoritas, só tem o Magias & Barbaridades aí. Cadê o Um Sábado Qualquer? Cadê o Puny Parker? Cadê Os Passarinhos? E Bichinhos de Jardim? Os Levados? Pirates?

# Sa-ca-na-gem. :/

esteves-hqemfoco disse...

Considero PUBLICAÇÃO MIX um album ou revista que foi produzido ORIGINALMENTE dessa forma, ou seja, numa reunião de AUTORES e HISTÓRIAS editados segundo algum critério e/ou elo, que pode girar em torno de temas, gêneros, autores, situações, etc.
Assim, não vejo as republicações reunidas de revistas de editoras estrangeiras como revistas MIX. Só me atendo a um caso em particular, uma revista como "VERTIGO" é uma reunião de outras revistas já prontas e EDITADAS anteriormente, não foi pensada ORIGINALMENTE como uma revista mix. O Constantine não era uma revista mix, ele passou a fazer parte de uma revista com vários personagens aqui no Brasil por motivos mercadológicos históricos, já que é de praxe colocar várias séries numa revista, pois seria muito difícil vende-las separadamente.
Diferente de uma publicação como HEAVY METAL, que era uma reunião de autores e histórias pensadas originalmente daquela forma.
O MSP 50, apesar de ter um universo restrito de personagens (da Turma da Mônica), foi pensado como um album MIX, então acho super-apropriado concorrer tb nessa categoria.
Já Cabaret acho mais dificil classificar, mas arriscaria dizer que não é uma publicação MIX, apesar de ter três autores, é praticamente uma só história, com diversas tramas paralelas.
Os outros concorrentes se enquadram nessa premissa: REVISTAS PENSADAS E EDITADAS ORIGINALMENTE REUNINDO AUTORES E HISTÓRIAS EM TORNO DE UM TEMA/GÊNERO/PROPOSTA QUE NORTEIE ESSA PRODUÇÃO.

esteves-hqemfoco disse...

Sobre WEB QUADRINHOS acho que o problema é que antes esse prêmio tinha outro nome "Site de AUTOR" e até "Blog de AUTOR".
Mudaram para essa nova formatação, que eu acho mais apropriada. Porém, ainda precisa readequar os concorrentes.
Alguns propuseram outros sites aqui pelos comentários, acho bacana reconsiderar isso.

Junior Paiva disse...

Webcomics...

sem o site Desenhe e Publique, site que mais publica mangás e quadrinhos on-line na internet brasileira não dar neh...

João P. disse...

Não sei se concordam comigo ou não, mas o Allan Sieber não pode estar indicado para Web quadrinhos já que em 2009 ele não publicou nenhuma história realmente feita para a internet. O que ele publica são as tiras da folha e muito de vez em quando um ou outro cartum.
Se eu estiver errado peço desculpas desde já.

Acho também desnecessário dizer como faz falta a participação do Ryotiras na categoria Web quadrinhos, já que é um dos sites mais regulares de publicação de web quadrinhos e ainda experimenta com os formatos dos quadrinhos de um jeito que a internet melhor proporciona.

Raphael disse...

Ausências estranhas nas Tiras:
- Ryotiras
- Dr. Pepper
- Brabo Comics

Ausência no Mix:
- Peiote
- Almanaque Gótico
- Quadrinhópole

Ausências absolutamente estranha em Humor ou Especial:
- Có do Gustavo Duarte
- Gente Feia na TV - Chico Félix

Faltou no Mídia:
- Gibizada

E acho que Webcomix tinha que ter mais opções! Pelo menos 12, pois é um gênero bem amplo.

Guilherme Kroll disse...

Daniel, esse é o critério da publicação Mix? Onde está discriminado isso? E qual é o critério de publicação independente? E de webcomics?
Nada contra, mas seria legal saber o que qualifica uma HQ a estar ou não em determinada categoria.

Fabio Ciccone disse...

Polêmicas a parte, só queria dizer que estou profundamente honrado pela indicação. Fiquei realmente feliz de ver o Magias na lista, obrigado pela lembrança!

Ivan Lira disse...

Gostaria de indicar o trabalho da equipe ao qual faço parte, a Aurora Comics, por Web Comics.

Nossas histórias estão no site www.auroracomics.com

Agradeço a atenção.